Comunidades

Somos comunidade povo do Senhor!

As palavras da música do famoso cantor das Comunidades Eclesiais de Base, Zé Vicente deram vida às comemorações do trigésimo aniversário da primeira comunidade da Paróquia Santíssima Trindade, a igreja Nossa Senhora da Paz. E essa frase também possibilita aos que creem em Deus a vontade de celebrar sua admiração e agradecimento ao Criador por meio da oração e da ação comunitária.

Quando iniciamos nossa trajetória pastoral carregávamos o lema de uma Igreja Missionária, Misericordiosa e Participativa, demonstrando nosso sentimento de unidade à igreja mãe, a Arquidiocese de Belo Horizonte, que dentro do Projeto Pastoral Construir a Esperança convidava as igrejas e pastorais a viver essas três dimensões da ação comunitária.

Quando a Companhia de Jesus assumiu o trabalho frente à paróquia, estavam os jesuítas em pleno processo de elaboração do documento que destacava as “Características da Paróquia Jesuíta na América Latina” (CEPAL) e a estruturação das nossas ações e da nossa vivência pastoral tomou para si o caminho abordado e apresentado pelos jesuítas, e desde então passamos a buscar meios de construirmos uma verdadeira COMUNIDADE DE COMUNIDADES, que vivem como:

* Comunidades de Fé em Jesus Cristo e no seu Reino;
* Comunidades Litúrgicas;
* Comunidades Fraternas;
* Comunidades Missionárias e;
* Comunidades Solidárias.

Uma paróquia de jesuítas deve ser aberta, criativa, profundamente enraizada na espiritualidade da Companhia e inspirada pelos critérios típicos de uma espiritualidade jesuítica: cristocentrismo, universalismo, gratuidade, “magis”, discernimento, etc”. R.P. Peter Hans Kolvenbach (Heinchu, Formosa, 19 de dezembro de 1989)

As paróquias jesuítas devem ser “comunidade de comunidades litúrgicas que animem, alimentem e façam crescer a fé do povo, em celebrações religiosas cotidianas e especiais, bem preparadas e inculturadas”.

A orientação, que consta no documento Características da Paróquia Jesuíta na América Latina de Hoje, traduz-se no cotidiano de mais de 40 paróquias confiadas à Companhia de Jesus ou que são da Ordem religiosa, no Brasil, além de dar continuidade à sua secular tradição evangelizadora e missionária em todo o mundo.

Nossas paróquias valorizam o diálogo e a vida comunitária, distinguindo-se por sua espiritualidade inaciana. São ainda lugares de acolhida e diálogo, que priorizam e diferenciam-se por sua espiritualidade e vida comunitária e, assim, ajudam no processo de unir, pelo Espírito, toda pessoa com Deus e seu Povo.