Comunidades terão domingo de Oração pela Unidade na Igreja e no Brasil; leve seu Terço

em

A Paróquia Santíssima Trindade convida você a um momento especial de oração pela Igreja, como nos pede o papa Francisco, e pelo Brasil, diante deste momento decisivo à vida dos brasileiros e brasileiras. No domingo (28), chegue 30 minutos mais cedo à comunidade e leve com você seu Terço, pois em todas as igrejas da paróquia estaremos em oração pela Unidade, contra as divisões internas na madre Igreja e do povo brasileiro.

O papa nos convoca à Oração

O santo padre, no final de Setembro, pediu a todos os fiéis um esforço maior na oração pessoal e comunitária. Francisco convidou-nos a rezar o Terço a cada dia de Outubro, para que a Virgem Maria ajude a Igreja nestes tempos de crise e a rezar ao Arcanjo São Miguel para que a defenda dos ataques do demônio, pois segundo a Tradição, Miguel é o chefe dos exércitos celestes e protetor da Igreja (Apocalipse 12,7-9).

formacao_como-rezar-o-terco-1600x1200

Por que rezar pela Igreja?

Durante estes últimos anos e meses, temos vivido na Igreja situações difíceis, entre as quais as de abuso quer sexual, quer de poder e quer de consciência, por parte de clérigos, pessoas consagradas e leigos. Cresceram as divisões internas. Certamente são favorecidas pelo mau espírito, “mortal inimigo da nossa natureza humana” (Exercícios Espirituais de S. Inácio de Loyola, n. 136).

Na tradição cristã, o mal tem diversas figuras, como a de “Satanás”, que em hebraico significa “adversário”, ou “Diábolos” em grego, isto é, o que divide ou semeia discórdia. Na tradição bíblica também se fala do “sedutor do mundo”, o “pai da mentira”, ou “Lúcifer”, que se apresenta como anjo da luz, sob a capa de bem, induzindo ao engano.

Como vemos, o mal manifesta-se de diversas maneiras e a missão de evangelização da Igreja torna-se mais difícil, chegando mesmo a desacreditá-la.

Em parte, é por causa da nossa responsabilidade ao deixarmo-nos levar por paixões que não nos abrem à verdadeira vida, entre as quais: a riqueza, a vaidade e o orgulho. São os degraus pelos quais o diabo quer arrastar-nos para o mal, ele que é um sedutor. Trazendo intenções e pensamentos bons, pouco a pouco, vai levando a pessoa às suas perversas intenções, como a discórdia, a mentira e outros más ações.

Em sua sua Carta ao Povo de Deus, de 20 de agosto de 2018, o papa Francisco afirma que “se um membro sofre, todos sofrem com ele“, e “quando experimentamos a desolação que nos provocam estas chagas eclesiais“, com Maria far-nos-á bem “insistir mais na oração” (Exercícios Espirituais de S. Inácio de Loiola, n. 319), procurando “crescer mais no amor e fidelidade à Igreja“.

O Santo Padre convida-nos, no final da oração do Terço, a terminar com a mais antiga invocação à Santa Mãe de Deus “Sub tuum praesidium” (À vossa proteção) e com a oração tradicional a São Miguel, escrita por Leão XIII:

Oração a Nossa Senhora: 

À Vossa Proteção recorremos, Santa Mãe de Deus. Não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita.

Oração a São Miguel Arcanjo:

“São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate. Sede o nosso refúgio contra as maldades e ciladas do demônio. Que Deus manifeste sobre ele o seu poder, esta é a nossa humilde súplica. E vós, Príncipe da Milícia Celeste, com o poder que Deus vos conferiu, precipitai no inferno a Satanás e aos outros espíritos malignos, que andam pelo mundo para perder as almas. Amém”.

Por que rezar pelo Brasil?

O domingo, 28 de outubro, também será marcado pela realização do 2º Turno nas Eleições presidenciais no país, o que põe fim a um pleito eleitoral marcado pelo limitado (ou quase nulo) debate democrático e manchado pelo mal da mentira, ilustrado com as mais variadas FakeNews (notícias falsas) e inflamado pela onda de violência externada por candidato e apoiadores. 

Rezar pelo Brasil é um convite também à superação da crise de confiança e da falta de um projeto de nação que seja capaz de aglutinar o povo. Frente à crise ética que vivemos no país, a oração poderá nos ajudar a unir a nação e o povo brasileiro, num caminho marcado pela Esperança de algo que seja capaz de proporcionar vida em abundância para todos/as. 

“Não permitamos que nos roubem a esperança”. “Nesse momento da Nação, não podemos permitir que sejamos roubados na esperança. Porque sabemos que a esperança dá horizontes e cria utopias e estes são necessários para uma sociedade sadia”. Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre, citando a fala do Papa Francisco aos jovens na JMJ 2013, no Rio de Janeiro. 

Confira o horário das missas nas comunidades

Manhã de Oração Roberto (1)

Obrigado por comentar e compartilhar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s