Paróquia Santíssima Trindade realizará, no sábado, assembleia da Pastoral do Dízimo

Trabalhar com o Dízimo vai muito além do que apenas sentar em uma mesa e atender o outro. O Dízimo é estar com o outro, é ouvir, compreender e acolher aquele que doa o seu pouco para a Evangelização. (Dom Edson Oriolo)

Para aplicar o conhecimento adquirido no 2º Congresso Arquidiocesano da Pastoral do Dízimo, a Paróquia Santíssima Trindade promoverá, no próximo sábado (27/10), das 15h às 17h30, na Igreja Nossa Senhora da Paz, a Assembleia Paroquial da Pastoral do Dízimo.

Será um encontro oportuno para que os agentes e coordenadores da pastoral avancem nas discussões iniciadas no dia 22 de setembro, na PUC São Gabriel. 

Como foi o congresso (*)

Cerca de 700 pessoas de toda a Arquidiocese de Belo Horizonte participaram do encontro, em setembro, que teve o apoio de padres e palestrantes para o diálogo sobre as dimensões do Dízimo. Responsável por articular este trabalho, Dom Edson José Oriolo, ressaltou que o trabalho na Pastoral do Dízimo deve valorizar a pessoa e não o dinheiro. 

IMG-20180922-WA0030

“Trabalhar com o dízimo vai muito além do que apenas sentar em uma mesa e atender o outro. O dízimo é estar com o outro é ouvir, compreender e acolher aquele que doa o seu pouco para a evangelização”, evidenciou o bispo. 

Além disso, dom Edson tornou clara a ideia de que a experiência de verdade tem que nascer do amor, este que nasce da espiritualidade e da fé. “Ser dizimista é ir além daquilo que se vê”, completou. 

Em continuidade as considerações sobre a Pastoral do Dízimo, o palestrante André Luiz reforçou que o trabalho não tem outro objetivo se não para cuidar das pessoas, para dar a elas a melhor acolhida neste corpo que é a comunidade de fé.

“Quem é agente pastoral do Dízimo deve compreendê-lo para bem expressar a beleza desta ação a quem é dizimista. Ao dar a conhecer, tirar as dúvidas, o agente contribui para que o outro se sinta a vontade em dizer seu sentimentos e motivações à vida comunitária”, disse.

Por fim, padre Wellington destacou quatro dimensões, elencadas pelos documentos da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), sobre o Dízimo, essa bonita experiência de Encontro e de Acolhida. 

  • Dimensão religiosa: a relação do cristão com Deus. Essa dimensão insere o Dízimo no âmbito da espiritualidade cristã.
  • Dimensão Eclesial: é a consciência de ser membro da igreja, pela qual o fiel é co-responsável pela manutenção da comunidade.
  • Dimensão Missionária: ajuda mútua às comunidades, na valorização da ação e do anúncio do Evangelho em distintas localidades.
  • Dimensão caritativa: ajuda aos pobres e excluídos, revela-se em situações de resposta da Igreja frente às necessidades humanas. 

Para a coordenadora paroquial da Pastoral do Dízimo, Julia Gracielle, estes espaços de formação são convites para que “abracemos ainda mais os trabalhos na pastoral, com mais amor, para que ao recebermos do outro, além de acolher, o amemos mais”. 

(*) com informações repassadas pela Julia.

Serviço: Assembleia da Pastoral do Dízimo
Quando: sábado, 27 de outubro, das 15 às 17h30
Onde: Comunidade Nossa Senhora da Paz

Obrigado por comentar e compartilhar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s