Torcida de Deus: CANCELADA em função da situação de momento no país

A 16ª Torcida de Deus

A Arquidiocese de Belo Horizonte cancela a celebração da 16ª Torcida de Deus, prevista para este domingo – 3 de junho – reagendando a sua realização para 2019. Essa decisão leva em consideração as exigências e os cuidados, neste delicado momento vivido por nossa sociedade, particularmente a segurança e a integridade dos fiéis, diante das graves dificuldades e limites já conhecidos por todos:

1 – Grande parte dos fiéis encontrarão dificuldades para se deslocar até o Mineirão, pelos limites de se contratar os serviços de transporte em razão da crise de abastecimento de combustível.

2 – Os equipamentos da ampla infraestrutura necessários para a realização da Torcida de Deus não poderão ser transportados até o Estádio, particularmente os que vêm de fora do Estado, em razão das paralisações, inviabilizando a montagem requerida para este evento de grande porte e repercussão.

Os acontecimentos nacionais, com perplexidades peculiares e exigências de profundas mudanças, pedem-nos interiorização e reflexões transformadoras. Somos chamados a vivenciar essa experiência durante a celebração da Festa de Corpus Christi, nesta quinta-feira, 31 de maio, em cada uma de nossas paróquias, nossa rede de comunidades, com grande fé e piedade, com sobriedade e disposição de fecundarmos um tempo novo na sociedade brasileira, com uma cidadania alicerçada nos valores do Evangelho de Jesus Cristo, nosso Mestre e Senhor.

A fé ilumine, neste tempo exigente para todos os brasileiros, as reflexões de todos nós. Nossa Senhora da Piedade, Padroeira de Minas Gerais, nos inspire pela exemplaridade de seu discipulado, em diálogo, encontro e bondade, para que possamos construir um Brasil melhor, com justiça, fraternidade e paz.

Em comunhão profunda, esperançosos, celebremos com grande alegria a Festa de Corpus Christi nos fortalecendo nas tarefas missionárias e cidadãs de cada dia!

Em Cristo

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte

Em nossa Paróquia Santíssima Trindade, 240 convites haviam sido colocados à disposição dos fieis. Eles eram gratuitos, assim como a entrada na Torcida de Deus, no entanto, vamos devolver o valor do transporte a quem já tinha efetuado o pagamento da passagem. 

Realizada desde 1975, a Torcida de Deus reúne, tradicionalmente, milhares de fiéis no Mineirão para testemunharem a fé no Santíssimo Sacramento. Com a situação, ela foi remarcada para o ano que vem, 2019.

Corpus Christi na Paróquia

Conforme a nota, Dom Walmor pede que nossa paróquia, nossa rede de comunidades viva a Festa de Corpus Christi, com grande fé e piedade, com sobriedade e disposição de fecundarmos um tempo novo na sociedade brasileira, com uma cidadania alicerçada nos valores do Evangelho de Jesus Cristo

Assim, na quinta-feira (31/5), dia de Corpus Christi, teremos missa nas comunidades da Paróquia conforme a escala abaixo: 

Missa de envio

Você sabe a história da Torcida de Deus? 

A inspiração dos Jogos Olímpicos de Munique! Neste ano, a Torcida de Deus completa 43 anos. Sua primeira edição ocorreu em 1975, ainda no arcebispado de dom João Resende Costa, que tinha como bispos auxiliares dom Serafim Fernandes de Araújo e dom Arnaldo Ribeiro, inspirada na integração proposta pelos Jogos Olímpicos, que ocorreram três anos antes, em Munique, Alemanha.

Em algumas edições, registrou lotação total do Mineirão que, na época tinha capacidade para 120 mil torcedores nas arquibancadas, geral e cadeiras.

Um dos momentos mais marcantes foi a cerimônia de beatificação de Padre Eustáquio, em 2006. Também, foi a primeira celebração da Torcida de Deus presidida por dom Walmor, que havia assumido Arquidiocese de Belo Horizonte dois anos antes.

Naquele ano, o Arcebispo recebeu na Capital Mineira o representante do então Papa Bento XVI, cardeal José Saraiva, prefeito da Congregação para a Causa dos Santos. Assim, dom Walmor presidiu a Celebração Eucarística, e dom José Saraiva, o rito de beatificação.

Estiveram presentes 70 mil pessoas, na época, lotação máxima do Mineirão que já havia reduzido a capacidade público para quase a metade, em razão das novas normas de segurança. A cerimônia chamou muito a atenção dos fiéis pois, ainda não era comum as beatificações ocorrerem fora do Vaticano, junto às comunidades que vivenciaram a história de seus bem-aventurados.

Os preparativos para a chegada do Terceiro Milênio

O ano de 1997 marcou a história desse importante evento, com o início do Grande Jubileu “Rumo ao novo milênio”. Os preparativos haviam sido iniciados em 1994, com a publicação pelo Papa São João Paulo II, da carta apostólica Tertio Millennio Adveniente (do latim: “À medida que nos aproximamos do Terceiro Milênio”).

Na carta, o Santo Padre pedia à Igreja para iniciar um período de três anos de intensos preparativos. O primeiro ano de 1997, foi caracterizado pelo estudo, reflexão e seguimento da Pessoa de Jesus – refletido na liturgia da Torcida de Deus. A segunda, em 1998, pela meditação sobre o Espírito Santo; e a terceira, em 1999, pela meditação da Pessoa de Deus Pai. Cada ano foi acompanhado por uma oração especial de consagração à Virgem Maria.

Foi um ano especial para todos os que começaram a vivenciar esse intenso período de oração e esperança, no ano em que a Capital do Estado comemorava seu centenário.

0001

Fonte: http://arquidiocesebh.org.br/noticias/torcida-de-deus-vamos-juntos-celebrar-a-nossa-fe-na-sagrada-eucaristia-3-de-junho

Obrigado por comentar e compartilhar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s