Ainda no tríduo: “A Trindade é o rosto de Deus que Jesus nos revelou”

A Paróquia Santíssima Trindade teve a grata alegria de receber, ontem (24/5), para presidir a segunda missa do tríduo em honra da Trindade Santa, o padre Jaldemir Vitório SJ. Ele que está diretor do Departamento de Teologia da FAJE e é mestre em Sagradas Escrituras e doutor em Teologia Bíblica, dialogou com fieis, com linguagem de quem realmente deseja e se faz próximo. 

IMG_8950

Ao saudá-los, padre Vitório chamou-os a fazer uma prece a Deus pelo imenso amor que Ele tem por cada pessoa humana. Além de um agradecimento pelo dom da fé, da vida, pela oportunidade de fazer parte de uma comunidade de irmãos reunidos pela Trindade Santa.

Ouça a homilia enquanto lê a notícia.

Mais uma vez, igreja repleta de fieis, com participação das duas comunidades mais antigas – Paz e Penha – numa bonita coincidência. “Nesta segunda noite, celebramos a presença da Companhia de Jesus no região, providencialmente, no dia em que a Companhia recorda sua padroeira, Nossa Senhora da Estrada”, recorda Luciene Reis, coordenadora da Liturgia.

Jesus revela o rosto de Deus

O padre Vitório foi convidado para dialogar com a comunidade paroquial acerca da segunda pessoa da Santíssima Trindade, o Filho. A primeira compreensão que ele lembrou é a de que a “Trindade é o rosto de Deus, revelada por Jesus. E Deus… é Amor!”.

Jesus deu testemunho, com sua vida, do Pai. Ele era tão unido ao Pai que o Evangelho de João afirma, “Eu o Pai somos um”. Vitório lembra que o que Jesus disse, nós todos devemos dizer. “Eu e o Pai somos um! Como consequência disso, aquilo que o Pai é, eu também sou, o que Deus quer, que também quero”. 

Esse mistério de amor, revelado por Jesus, deve ser guardado no coração, por quem deseja ser discípulo-missionário, no dia a dia da vida. O ensinamento do Cristo é claro, o qual convida a confessar a fé com a própria vida, especialmente no tratar o próximo. Aí se faz a experiência de Deus. 

Deus é o parteiro da humanidade! É ele quem arranca-nos do nosso egoísmo e nos faz viver como irmãos, como ser humanos. Como Jesus, o Filho, devemos transparecer o Pai, pois quem permanece no amor, permanece em Deus e Deus nele”, disse Vitório. 

A Catequese deve… 

A confissão de fé do cristão deve transparecer todos os dias e em todos os lugares. A vida do cristão é o seu melhor testemunho. Não basta dizer que crê na Trindade Santa e não amar o próximo. Para isso, a catequese assume um lugar muito especial na lógica da vida da comunidade cristã.

A catequese deve ser profundamente cristologica, para que os fieis mergulhem no mistério de Jesus e, assim, compreendam o Deus revelado por Jesus, que é o Pai, além de deixar-se impulsionar pelo Espírito, que é a força que o faz  perseverar neste caminho.

“Pertencemos à Trindade Santa por causa de Jesus, ele que é Filho e nos deu o modo de vida no qual “somos todos irmãos”, sabemos disso, porque temos o espírito de irmãos e irmãs, de comunidade, de quem se ajuda mutualmente, de ser solidários, de nos perdoarmos”, afirmou padre Vitório.

O sacerdote completou: “A nossa catequese deveria insistir na contemplação da pessoa de Jesus. Só assim para conhecer a Trindade, pela convivência, não apenas pelo dogma ou doutrina, mas, principalmente, pelo ensinamento de Jesus, suas parábolas como exemplo, pois nelas, ajustamos nossas vidas aquilo que Ele fez”.

Finalizou com outra prece, na qual, pediu a Deus a graça para que tenhamos a capacidade de contemplar Jesus, seu testemunho, que passa pela morte e ressurreição, escutando seu ensinamento e mergulhando na comunhão com o Pai, o Filho e o Espírito Santo. 

À Paróquia, rogou que as comunidades sejam cada vez mais plasmadas pela Trindade Santa e que o rosto de Deus transpareça na vida das comunidades, das pastorais e todos os que dão vida a essa parcela do Povo de Deus.

Benção aos trabalhadores

Neste cenário político e econômico que tira a vida, a alegria da vida, um sinal de esperança em nosso tríduo. Ao final da celebração, foi dada uma bênção especial aos trabalhadores e trabalhadoras, no sentido de nos fazer ficar firmes na fé e no amor a Deus que nos dá a Terra, para dela cuidar e tirar o sustento, com generosidade e amor à toda criação.

Nosso bispo estará aqui!

Logo mais, às 20 horas, nesta sexta-feira (25/5), para concluir nosso Tríduo em honra à Santíssima Trindade, vamos receber o bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte e referencial para a Região Episcopal Nossa Senhora da Conceição (RENSC), dom Edson José Oriolo. Ele presidirá a Eucaristia, na qual somos chamados a contemplar a terceira pessoa da Trindade, o Espírito Santo.

Participe com a gente! A Liturgia será conduzida pelas comunidades católicas dos bairros Palmital A, Três Corações e Nova Esperança. Atenção: O ônibus vai passar às 19h00 nas comunidades São José e São José de Anchieta, e às 19h25 nas igrejas Santo Inácio e Bom Jesus. 

trindade_OEspíritoSantoi

Serviço: 3ª noite do Tríduo em honra à Santíssima Trindade
Quando:
sexta-feira (25/5), às 20 horas
Onde: 
Igreja Nossa Senhora da Penha
Avenida Yolanda Teixeira da Costa, 1.606 – Bairro Palmital. 

Confira outras fotos em nosso Flickr. Clique aqui!

Pascom / Parsantri. Fotos: João Paulo e Marcelo

Obrigado por comentar e compartilhar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s