Missa de Setor no Bom Jesus: é tempo de reconhecer as visitas de Deus a seu povo

em

O papa Francisco, em novembro do ano passado, afirmou que Deus, quando quer falar conosco, diz: “Eu bato à porta e chamo. Abra-me!”. E nessa perspectiva de estar mais próximos de nossa gente, de bater à porta, a Paróquia Santíssima Trindade deu início, em abril, às missas setoriais na Comunidade Bom Jesus, no bairro Belo Vale. 

Assim, você e sua família são convidados a conosco participar da Missa de Setor deste mês de maio, na qual, a comunidade do Belo Vale dará início às celebrações do Bom Jesus, com o envio da imagem peregrina, que a cada mês, visitará uma família, uma casa em uma região diferente do bairro. Será o Bom Jesus a bater às portas de nossa gente.

Anote ai! quarta-feira, dia 16 de maio, às 19h30, nos encontramos na porta da Igreja para, de lá, sair em procissão até a Fazenda da Dona Nana, local no qual o padre Donizetti Tadeu Venâncio, pároco nosso, presidirá a Eucaristia que marca um tempo novo da Evangelização no bairro Belo Vale.

Missas de Setor

Já habituais na comunidade Nossa Senhora da Penha, agora, as Missas de Setor são uma experiência também no Bom Jesus. Isso, porque as duas igrejas estão situadas à margem dos bairros Palmital e Belo Vale, respectivamente. Assim, fazer com que a Igreja-Povo de Deus chegue onde estão as pessoas é de fundamental importância.

É um desafio para as comunidades, levar a Palavra e o Alimento Eucarístico para regiões onde as pessoas, pela distância, às vezes nem sabem que exista uma comunidade católica. No Belo Vale, as missas acontecerão sempre na terceira 4ª feira do mês. Já na Penha, as missas nos setores são duas, a cada 15 dias, sempre na 5ª feira.

Deus nos visita de três modos

Voltando à homilia do papa, Francisco propõe uma reflexão sobre três momentos da visita de Deus a seu povo: 1. para nos corrigir; 2. para entrar em relação conosco; e 3. para se convidar à nossa casa. Quando Deus quer corrigir, convida a mudar de vida. Quando quer falar conosco, diz: “Eu bato à porta e chamo. Abra-me!”. E a Zaqueu, para receber o convite, diz para descer da árvore.

O papa convida a cada um a se perguntar como está o coração, a fazer um exame de consciência, a questionar se “sabes ouvir as palavras de Jesus” quando Ele bate “a minha porta” e diz: “Corrija-se!”.  A experiência cristã nos recorda que cada um de nós corre um risco, seja o de cair no mesmo pecado do povo de Israel ou no mesmo pecado de Jerusalém: não reconhecer o tempo no qual fomos visitados

O papa ainda questiona: você faz todos os dias um exame de consciência sobre isso? Hoje o Senhor me visitou? Ouvi algum convite, alguma inspiração para segui-lo mais de perto, para fazer uma obra de caridade, para rezar um pouco mais? Não sei, tantas coisas às quais o Senhor nos convida todos os dias para se encontrar conosco”.

Que as missas de setor sejam para nós, mais uma oportunidade de recordar e reconhecer que todos os dias o Senhor nos visita, todos os dias bate à nossa porta.

SERVIÇO: Missa de Setor no Bom Jesus (maio)
Quando: quarta-feira, 16 de maio
Hora: concentração às 19h30 na igreja, seguida de procissão até a Fazenda da D. Nana. 

Obrigado por comentar e compartilhar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s