Ô Sô, cê acha que cabô? Cabô não sô! Depois da Penha e do Hurtado, tem na Paz e no Anchieta! Veja mais…

Oi pessoal, pra quem pensa que as festança acabô, cabô nada sô! O finar de semana promete arrasta-pé pra lá de bom nas igrejas de Nossa Senhora da Paz (Cristina) e de São José de Anchieta (Nova Esperança). Enquanto você marca na agenda os festejos de sábado e domingo, saiba o que rolou nas festas julinas das comunidades Santo Alberto Hurtado, no Castanheiras, e Nossa Senhora da Penha, no Palmital.

Nossa Senhora da Penha

O Arraial Julino da comunidade Nossa Senhora da Penha foi compartilhado com o Fé e Alegria e nem a chuva que caiu no início da festa desanimou o público que aos poucos foi preenchendo a pátio da igreja com alegria e disposição para a festança. 

O festival de apresentações foi aberto com a dança típica da época apresentada pelas crianças do Fé e Alegria. Logo na sequência, o público presente se encantou com o Carimbó, dança folclórica do norte do país, apresentada pelas integrantes do Grupo Alegria da Melhor Idade. Puxadas pelos catequistas Luis Fernando e Sayonara, as crianças e adolescentes tiraram sorrisos dos presentes com a já famosa Quadrilha da Catequese.

 

Com tantas apresentações, não poderia faltar as maravilhas gastronômicas dos festejos julinos. Da canjica aos caldos, com direito a maçã do amor e milho verde, a comunidade da Penha ofereceu um variado cardápio de guloseimas. 

Veja mais fotos! Acesse nosso Flickr

Para fechar a noite, não iria faltar, é claro, a juventude da comunidade! Com um enredo envolvente, narraram e dançaram o casamento entre dois jovens de famílias que não se bicavam, o verdadeiro Romeu e Julieta caipira. No dia seguinte, a mesma apresentação foi levada à Casa de Repouso Ana Sousa e Silva. 

 

Santo Alberto Hurtado

Santo Alberto Hurtado movimentou a comunidade do bairro Castanheiras com a tradicional festa julina na Rua Doze. Com grande participação dos vizinhos, a festança teve como ponto alto, além das tradicionais quitandas juninas, a apresentação da Quadrilha Pé na Brasa, que conta com a participação de integrantes da comunidade. 

20046465_946993592108841_2257098720819814886_n

Festanças do final de semana

Não se esqueça ein! Sábado (22/7) é dia de casamento de Lampião e Maria Bonita no Arraial da Paz, a festança com a marcante história do nordeste brasileiro terá início logo após a missa das 19 horas. 

Já no domingo, dia 23, será a vez da comunidade São José de Anchieta se encontrar para festejar os santos juninos, em Julho. A festa acontecerá após a missa das 18 horas. 

 

Obrigado por comentar e compartilhar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s