Anchieta! Santidade pela dedicação ao trabalho e no cuidado com as pessoas

Com alegria e inspirada pela ação missionária vivida por crianças, adolescentes e jovens da Área de Catequese, a Paróquia Santíssima Trindade se reuniu, no domingo passado (18/6), para celebrar São José de Anchieta. “Essa é a melhor forma de celebrar a vida de um santo, a vida de Anchieta”, garantiu padre Elton Vitoriano, SJ.

Em sua homilia (ouça aqui), o religioso narrou a vida do padre santo, sempre presente e amigo, que com sua disponibilidade para o trabalho e para o cuidado com as pessoas, ajudou a edificar a fé do povo e a sociedade brasileira.

Anchieta veio para o Brasil aos 19 anos, para que os ares da nova pátria pudesse ajudá-lo a recuperar a saúde, mas também com a tarefa de ser missionário nesta terra ainda pouco desbravada.

O empenho de Anchieta e seu ardor para o trabalho deixava as pessoas admiradas, pois mesmo com a saúde frágil se dedicava a ajudar como podia. “Em tudo se dispunha! Fazia seu anúncio da Palavra de Deus, no trabalho e na oração, e por isso sua santidade é reconhecidamente diferente”, destaca padre Elton.

“É uma santidade na ação! Anchieta é contemplativo na ação, ele reza e contempla, e agindo no dia-a-dia, foi se tornando um grande missionário, o Apóstolo do Brasil”.

Anchieta: exemplo para a comunidade!

É possível ser presença de Deus, com palavras e ações, no lugar em que atua e com as pessoas com quem convive. Anchieta indica a possibilidade de manter boas relações com pessoas que estão ao redor. Iluminado pela Palavra de Deus e tendo uma bonita vida de oração, ele viveu a caridade, tendo a em Jesus Cristo, o exemplo maior.

“Quando Jesus chega, tudo se transforma! No Evangelho, veja vocês, quando Cristo se depara com a tristeza, logo vem a alegria, onde encontra desolação, logo oferece a consolação, onde tem morte, Ele garante a vida e onde há acusação e crítica, logo sugere e indica o perdão”, recordou padre Elton.

Nas comunidades, em sua diversidade de pessoas e situações, ter a disponibilidade de Anchieta como exemplo, revela um chamado à prática do diálogo e da ajuda, numa ação claramente evangélica.

É importante sempre se perguntar “como posso ajudar nesse lugar?” e assim ter mais compreensão com as pessoas e no trabalho que precisa ser vivido conjuntamente diante das necessidades das comunidades e da paróquia.

Ação missionária no bairro Nova Esperança

O que aconteceu no bairro Nova Esperança, nesse domingo, com a participação de mais de 100 pessoas, entre crianças, adolescentes e jovens é o que fazem os missionários: encontrar as pessoas, falar de Deus e ajudá-las naquilo que mais precisam.

“O exemplo do Apóstolo do Brasil é bonito por que recorda que a gente não o faz apenas de vez em quando, somos chamados, pela nossa vocação, a fazer isso o tempo todo”, garantiu o padre Elton.

Organizada pela Área de Catequese, a ação missionária reúne as três etapas de formação da Paróquia Santíssima Trindade: Catequese Infantil, Perseverança e Crisma. Os dias de missão estão programados para acontecer nos finais de semana da festa do padroeiro nas nove comunidades da paróquia.

“As visitas, nesta etapa, foram direcionadas aos moradores do bairro Nova Esperança, tendo a evangelização como proposta e a acolhida das pessoas na comunidade de Anchieta como meta”, explica o coordenador paroquial da Catequese Infantil, Luiz Fernando.

Emocionada, a moradora da região e catequista da comunidade, Daniela Souza destacou que a experiência missionária foi um marco importante para a vida comunitária, pois levou de volta às ruas, com um sorriso bonito no rosto, os católicos.

“Agradeço por terem vindo, as pessoas ficaram felizes com essas visitas e por saber que a Igreja Católica se coloca à disposição para ir ao encontro, para convidá-las a rezar e por querer saber como elas estão”.

Entre as muitas crianças missionárias, destacou-se o Vitor e sua mãe, Viviane. Eles vieram da comunidade Nossa Senhora da Paz para participar da missão. “Foi muito bom estar aqui com meu filho, aprendendo e falando de Deus para as pessoas”, disse Viviane.

Festa do Anchieta e presente para a Sagrada Família

Na conclusão da festa, o coordenador da comunidade, Vandim Souza, agradeceu a presença das demais comunidades da Paróquia Santíssima Trindade e ofertou o antigo Sacrário da igreja de Anchieta como presente à comunidade da Sagrada Família.

A entrega do sacrário aconteceu, ao final da celebração, à coordenadora da comunidade do bairro Três Corações, Judith Moreira.

A solenidade de Anchieta foi presidida pelo pároco, padre Donizetti Venâncio, SJ, e concelebrada pelos padres Elton Vitoriano, SJ e Edson de Lima, SJ. Na noite de sábado (17/6), o padre Roberto Albuquerque, SJ presidiu a Celebração da Luz, que foi seguida de um tempo de convivência com Barraquinhas e Bingo.

Veja mais fotos da celebração e da missão
em nosso Flickr. Clique aqui!

Obrigado por comentar e compartilhar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s