Paróquia e Jesuítas celebram os 50 anos de vida religiosa do padre Roberto Albuquerque

em

A Paróquia Santíssima Trindade e os jesuítas da Residência Pedro Fabro, em Santa Luzia, têm o prazer e a alegria de celebrar o Jubileu de Ouro do padre Roberto Albuquerque na Companhia de Jesus.

convite-padre-roberto-ultima-versao-01

A comemoração dos 50 anos de vida religiosa do padre Roberto acontecerá no dia 2 de fevereiro – festa da Apresentação do Senhor e Dia Mundial da Vida Consagrada – às 20 horas, na comunidade Nossa Senhora da Penha. 

O convite é estendido a todos os fieis da paróquia e, claro, aos amigos e amigas, de longe e de perto, do padre Roberto Albuquerque. A comunidade Nossa Senhora da Penha está localizada na Avenida Iolanda Teixeira da Costa, 1.606 – Bairro Palmital. 

Quem é Roberto Albuquerque?

Filho de Aureliano Romão de Albuquerque, tenente do Exercito e religiosamente congregado mariano e vicentino, e de Odete Santos Albuquerque, dona de casa e filha de Maria e vicentina, padre Roberto Albuquerque é o mais velho dos três filhos do casal. Nasceu em São Gonçalo (RJ), no dia 10 de julho de 1948.

Na infância esteve sempre ligado à sua comunidade de fé na Paróquia São Sebastião do Barreto, em Niterói (RJ). Já nos tempos de adolescente, foi coroinha e congregado Mariano, e também integrante da Cruzada Eucarística (atual Movimento Eucarístico Juvenil). Conheceu a Companhia de Jesus por ser estudante no colégio Santo Inácio da capital Fluminense. 

Lá haviam muitos padres, um para cada ano escolar, além dos diretores espirituais e orientadores pedagógicos. Tive uma experiência maior, no 3º ano, quando fiz o retiro de três dias, marcante e decisivo em minha vida como também o acompanhamento que tive com o padre Gui Rufier, SJ.

Padre Roberto cursou Economia por um semestre, pois logo decidiu seguir a vida religiosa, professando os votos religiosos de obediência, castidade e pobreza na Companhia de Jesus em 2 de fevereiro de 1967. Ele integrou a última turma de noviços, em Itaici (SP), cursou a Filosofia em São Paulo (SP) e a Teologia na PUC Rio. Vivenciou o Magistério nos colégios São Francisco Xavier (São Paulo) e Loyola (Belo Horizonte). 

Ordenado em Friburgo, no dia 18 de dezembro de 1976, padre Roberto também é mestre em Teologia (tendo cursado na PUC Rio, PUC de Santiago e na Gregoriana, em Roma).  Viveu a 3ª Provação, em Salamanca (Espanha).

Abaixo a relação das atividades pastorais já desempenhadas pelo atual vigário da  Paróquia Santíssima Trindade:

  • 1977 – Colégio Loyola, diretor de Pastoral. 
  • 1978 – Rio, acompanhante da residência de Teologia. 
  • 1986-1992 – Goiânia, na Casa da Juventude. 
  • 1992-1997 – Moçambique, campo de refugiados e depois como pároco na catedral de Tete e diretor da comunidade vocacional, na Beira. 
  • São Paulo, Diretor do Anchietanum e Superior do Pateo do Collegio.
  • 2005 a paroquia2007 – Santa Luzia, Pároco da Santíssima Trindade.
  • Moçambique, sócio do mestre de noviços e diretor espiritual do Juniorado e sócio do Regional
  • Santa Luzia, Vigário da Santíssima Trindade desde o dia 2 de fevereiro de 2016.

 

O lema pastoral do padre Roberto é baseado  no Evangelho de São João 3, 31: “é preciso que ele cresça e eu desapareça”.

Obrigado por comentar e compartilhar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s