Abertura da CF 2015 convida fieis a descruzar os braços e ir ao encontro das pessoas

Clayton Henrique _ 5

Para sair da mesmice é preciso descruzar os braços e dar um passo à frente em direção da sociedade que também fazemos parte. Essa foi a tônica da celebração eucarística da Paróquia Santíssima Trindade, realizada no último domingo (22/2), na qual os fieis celebraram a abertura da Campanha da Fraternidade 2015. Com o tema “Fraternidade: Igreja e Sociedade” e o lema “Eu vim para Servir” (Mc 10, 45), a CF 2015, proposta pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), também possibilitou que o trabalho desenvolvido pelas pastorais sociais da paróquia fosse destacado aos presentes.

Os mais de 600 fieis que participaram da eucaristia, ouviram do padre Donizetti Tadeu, pároco da Santíssima Trindade, a motivação que levou a Igreja do Brasil a convidar o povo de Deus a dialogar sobre participação e envolvimento com as questões da sociedade atual. “O tema deste ano, é um convite constante para que possamos promover o diálogo da Igreja com a Sociedade e da Sociedade com a Igreja, no intuito de despertar o espirito comunitário e cristão, para a busca do bem comum, a partir da justiça e do amor”, afirmou.

Com a intervenção do grupo Art Jovem, a relação entre igreja e sociedade foi encenada, revelando injustiças e indiferenças que tornam as pessoas reféns de uma lógica que não é a do Reino de Deus, onde a fraternidade, a solidariedade e a partilha são colocadas como última opção. Em sua homilia, padre Donizetti recordou que é dever do cristão não rotular, não se omitir e não correr da sociedade, mas é preciso que ele vá ao encontro dela, dialogando, pressionando, profetizando e indignando-se com as questões que limitam a vida e a dignidade das pessoas.

Participação dos fieis e das comunidades

Com significativa participação das comunidades, a celebração de abertura da CF 2015 na paróquia contou com a generosa participação e destaque a atuação dos agentes das pastorais Carcerária, da Criança e da Pessoa Idosa. Além delas, os integrantes da Rede Social Paroquial, a conselheira tutelar Suely Marques e do Mandato da Vereadora Suzane Duarte também foram mencionados neste encontro devido à forte atuação da Igreja na promoção de uma sociedade mais justa e fraterna.

Jessy Joy _ 2Como o tema da CF convida os fieis a assumir a postura de Jesus Cristo, que veio para servir, indagamos a Irmã Edna Zangali sobre como a comunidade poderá fortificar tal atuação. “A primeira forma de servir é acolher e acolher muito bem, além de promover a proximidade e a fraternidade com as pessoas”, destacou ela, que complementou dizendo que o perdão, o respeito, a participação e a ajuda mutua  devem ser tidos como base para a vida em comunidade e no serviço aos irmãos.

“É preciso que o serviço ao próximo seja vivido com o coração, não de forma obrigada, mas com amor e vontade”, alertou Suely Cesar, ao responder sobre o convite que a CF 2015 faz a cada cristão. Ela também destacou a importância de a Paróquia se envolver com o processo de eleições para o Conselho Tutelar de Santa Luzia.

Compromisso cristão no tempo quaresmal e para toda a vida

Como primeiro compromisso quaresmal, as pessoas presentes na celebração foram convidadas pela secretária de Ação Social e coordenadora da Rede Social da Paróquia Santíssima Trindade, Maria de Fátima, a participar da próxima reunião do Conselho Municipal de Saúde, que será realizada na quinta-feira (26/2), às 9 horas, no Auditório da Prefeitura de Santa Luzia. “A presença nossa neste espaço se faz pertinente diante de tantas situações que ferem a dignidade dos luzienses e faz com que eles fiquem à margem de uma serviço de saúde de qualidade e eficaz”, destacou Maria de Fátima.

Formação Integrada 

Para aprofundar na proposta da CF 2015, as lideranças comunitárias e pastorais, além do público em geral, são convidados a participar da primeira Formação Integrada do ano. A saber, será realizada no próximo sábado (28/2), das 15 às 18 horas, na Igreja Santo Inácio. “Como é um tema que será trabalhado por todos no decorrer do ano é preciso que busquemos nos preparar para oportunizar reflexões pertinentes diante das questões que a sociedade nos apresenta”, disse Marcelo Barbosa, da Pastoral da Juventude.

Veja as fotos: 

Obrigado por comentar e compartilhar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s