Primeiro mutirão pela coleta de assinaturas em favor da Reforma Política aconteceu nas comunidades da Paróquia Santíssima Trindade

em

As celebrações do último final de semana (24 e 25) foram marcadas pela realização do mutirão paroquial pela coleta de assinaturas no abaixo-assinado pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas.

Idealizada pela coordenação da Área Social Paroquial, a campanha contou com a colaboração e atuação de agentes pastorais, que em cada missa realizada nas comunidades destacaram os principais pontos defendidos pela Igreja do Brasil, por meio da Coalização pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas, e ao final das celebrações preencheram o abaixo-assinado em busca da transformação desse projeto de iniciativa popular em uma Lei Federal.

Fieis da comunidade Nossa Senhora da Penha assinam abaixo-assinado pela Reforma Política. Foto (crédito): Ludmila Bernardes
Fieis da comunidade Nossa Senhora da Penha assinam abaixo-assinado pela Reforma Política. Foto (crédito): Ludmila Bernardes

Nas comunidades Nossa Senhora da Penha, Paz, Guia e Bom Jesus do Belo Vale, os colaboradores destacaram, antes da homilia, os quatro pontos que merecem mais atenção por parte dos fieis e que irão contribuir para que o sistema de representação política seja melhor organizado e opere com mais participação popular. Confira abaixo os pontos elencados nas celebrações para a adesão da comunidade paroquial à campanha de coleta de assinaturas para o Projeto de Lei de Iniciativa Popular de Reforma Política Democrática e Eleições Limpas.

  1. Fim das doações de empresas nas campanhas, implantando-se o financiamento público de campanha e de pessoas físicas. Busca-se, assim afastar o poder econômico das eleições.
  2. Adoção do sistema eleitoral chamado “voto transparente”, proporcional em dois turnos. O funcionamento deste sistema seria assim: nas eleições para vereador, deputado estadual e deputado federal, no primeiro turno o eleitor vota num programa partidário e no segundo turno escolhe um dos nomes da lista do partido.
  3. Alternância de homens e mulheres nas listas dos candidatos dos partidos, porque hoje as mulheres representam 51% do eleitorado, mas há somente 9% de participação feminina na política.
  4. Fortalecimento de instrumentos de democracia participativa: referendo, plebiscito e projetos de lei de iniciativa popular. Grandes temas nacionais só poderão ser decididos com a participação direta da população.

Ao colaborar com a campanha, a vereadora e agente pastoral da Comunidade Nossa Senhora da Penha, Suzane Duarte destacou um trecho da exortação apostólica, A Alegria do Evangelho, escrita pelo papa Francisco, na qual ele ressalta a dimensão social da evangelização. “O papa afirma que uma fé autentica comporta um profundo desejo de mudar o mundo, e a política, tão denegrida, é uma sublime vocação, é uma das formas mais preciosas da caridade, porque busca o bem comum”.

Por não cumprir seu papel social, o sistema político do Brasil tem recebido duras críticas e sofre com a descrença por grande parte da sociedade. Para reacender a chama dessa sublime vocação, a Igreja convida seus fieis a se envolver nessa luta pela reforma política, para que nossa forma de organização política avance na democracia e no acesso de todos os brasileiros aos seus direitos.

A campanha pela coleta de assinaturas no abaixo-assinado pela Reforma Política vai acontecer até o domingo da festa da Santíssima Trindade (15/06). Os fieis só podem participar com a apresentação do Título de Eleitor. No domingo próximo (01/06), acontecerá o mutirão pela coleta de assinaturas também nas comunidades São José de Anchieta, no Nova Esperança, e Santo Inácio (Cristina C).

Obrigado por comentar e compartilhar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s